Embora essas duas doenças sejam relacionadas com o peso e a comida, a principal diferença entre elas é que na anorexia o paciente não come por medo de engordar. Já na bulimia, o paciente come tudo o que sente vontade, mas acaba vomitando depois por sentir culpa e medo de engordar. Aqui nesse artigo da IDMP iremos apresentar para vocês como diagnosticar as duas doenças, principais sintomas e como funciona o tratamento. Confira!

Como diagnosticar a anorexia

Além da magreza em excesso, existem alguns comportamentos que vão além da aparência física, são eles:

• Recusa comida
• Medo constante em ganhar peso
• Se enxerga gorda, mesmo estando muitas vezes abaixo do peso
• Sempre está de dieta
• Conta as calorias de cada alimento
• Pratica muita atividade física

Quem sofre de anorexia não quer mostrar para os outros que tem um problema, ou seja, escondem que não comem, evitam fazer refeições com outras pessoas, fingem a ingestão de alimentos, entre outros.

Principais sintomas

Em um estado mais crítico, a anorexia nervosa, como é chamada, pode ocasionar diversos efeitos colaterais como:

• Falta de energia
• Cansaço
• Dor abdominal
• Prisão de ventre
• Em mulheres, a ausência de menstruação
• Queda de cabelo e fraqueza nas unhas
• Desmaios

Como diagnosticar a bulimia

Diferente da anorexia, na bulimia o paciente tem o peso normal ou é até um pouco acima do “ideal”. Come tudo o que sente vontade, mas acaba se sentindo culpado e tenta achar alguma maneira de eliminar a ingestão daqueles alimentos, por isso podem provocar vômitos e utilizar laxantes. Veja alguns comportamentos da pessoa:

• Ingestão exagerada de alimentos
• Prática em excesso de exercícios físicos
• Após as refeições vai ao banheiro
• Uso de remédios como laxantes e diuréticos
• Exagera na quantidade de comida
• Sente culpa e arrependimento após as refeições

Quem sofre de bulimia não quer mostrar para os outros que tem um problema, ou seja, comem muitas vezes escondido muitas vezes sem conseguir se controlar.

Principais sintomas

Quem sofre dessa doença consegue esconder anos das pessoas mais próximas, mas alguns impactos no corpo são severos, entre eles:

• Dentes lascados com aparência amarelada
• Calos nos dedos e nas mãos
• Fraqueza e tontura
• Nas mulheres, a menstruação é irregular
• Prisão de ventre
• Inchaço
• Inflamação na garganta

Tratamento

As duas doenças atingem mais mulheres do que homens, e a maioria delas são adolescentes e jovens. São transtornos alimentares que necessitam de um acompanhamento de um médico especializado, e é necessário um acompanhamento em sessões de terapia com psicólogos para curar o transtorno que afeta a mente do paciente. Podem durar meses ou anos para serem totalmente curadas.

É muito importante que haja o apoio de amigos e familiares, é essencial a compreensão de todos, por isso se você conhece alguém que apresenta alguns ou a maioria dos sintomas de alguma das duas doenças, ajude-a e entre em contato com a IDMP para uma conversa.